Quantas Páginas Deve Ter Um Currículo?

quantas páginas deve ter um currículo

Ao preparar um currículo há uma armadilha que você precisa evitar. A armadilha do currículo que é longo demais. Isto porque, uma coisa que realmente frusta um recrutador, é um currículo com mais páginas do que o necessário.

O que fazer então?

Tente colocar toda a informação relevante em apenas uma ou duas páginas. A menos que você tenha décadas de experiência de trabalho, ou esteja se aplicando a uma posição onde se requer que você partilhe muita informação, uma ou duas páginas serão suficientes.

Como pode você evitar ir além de uma ou duas páginas?

A fim de economizar espaço inclua apenas o que for relevante para o seu futuro empregador ― de acordo com a pesquisa que você fez sobre as necessidades da empresa.

Por que não deverá mencionar tudo sobre você?

Isso pode parecer um conselho estranho, mas tenha em mente seu objetivo. Afinal, você quer que a pessoa que lê seu currículo chegue ao fim e exclame: “Eu quero conhecer esse cara pessoalmente!” Mas como poderá atingir esse objetivo se o aborrecer com um currículo longo demais?

A impressão final é realmente muito importante. Além disso, mesmo que o seu currículo contenha vários pontos impressionantes, os detalhes espúrios podem corroer a boa impressão que você se esforçou em criar, independentemente de quão bem você retratou suas habilidades.

Seu objetivo: ganhar um lugar na memória do recrutador

O economista Daniel Kahemann, em seu livro Rápido e devagar: duas formas de pensar, esclarece-nos sobre o quanto a memória humana pode ser enganosa. Acontece que nós temos tendência para atribuir mais peso aos sentimentos finais que algo nos causa, do que à soma total de sentimentos obtidos ao longo de uma experiência.

Como exemplo, digamos que você esteja assistindo a um filme, e a apreciá-lo. Você se pergunta como o diretor resolverá todas as complexidades do enredo, quando é subitamente surpreendido com um terrível final do tipo Deux Ex Machina, onde alguém se aproxima do personagem principal e lhe revela que ele esteve o tempo todo sonhando. Não há nenhuma resolução da trama e o filme termina. Como você se sente a respeito de todo o filme? É, pouco importa que você tenha gostado dos 95% iniciais, você provavelmente se ficará lembrando de quão mau esse filme foi.

Daniel Kahemann é um ganhador do Prêmio Nobel, por isso precisamos dar o devido valor a seus conhecimentos sobre o cérebro humano e sobre o modo como ele distorce a nossa percepção dos eventos.

Como tudo isto se aplica à construção de um currículo?

Em termos simples, não “encha linguiça,” por assim dizer. Mantenha seu currículo interessante e relevante do início ao fim. Descarte tudo o que for irrelevante para o cargo ao qual você está se candidatando.

Isso significa, por exemplo, que você não deverá mencionar o quanto ama certo passatempo a menos que isso seja apresentado de um modo que contribua ainda mais para o efeito final que você quer.

Mantenha em mente que seu objetivo final é colocar na mente do recrutador a mensagem “Eu quero conhecer esse cara!” Não serve de nada incluir informação que não contribuirá para isso.

Próximo passo

Depois de ter preparado seu currículo talvez descubra que ele tem 2 páginas. Isso é normal. Mas com mais de uma página surge a necessidade de um detalhe simples, mas que você precisa entender como usar. O próximo artigo focará isso.

Comentários

Comentários